Carros Usados Baratos
Como encontrar carros usados baratos e comprá-los? Comece lendo aqui!

Venda de Carros usados particulares

Posted on July 25th, 2011 by

Adquirir um carro de um particular pode ser um bom ou mau negócio, mas não dá para confiar só na sorte. Existem vários motivos para um particular colocar o seu veículo à venda, sejam eles familiares, profissionais, econômicos, sendo o mais comum a compra de um carro novo ou usado de maior qualidade. Normalmente um carro vendido por particular é negociado por um preço mais baixo.

O Código de Defesa do Consumidor estabelece uma garantia de 90 dias para qualquer produto, mesmo se tratando da compra de um veículo vendido por particular. O prazo para reclamação também é de 90 dias. Mas se ainda assim houver algum problema, vá ao PROCON ou a algum órgão similar.

Ao comprar um carro de um particular é importante se certificar de que o vendedor é o único proprietário do carro, pois o veículo ainda pode possuir dívidas com relação ao pagamento e pode ser propriedade de uma instituição financeira.

Não se esqueça também de conferir a documentação, especialmente em se tratando de veículos com placas de outros estados. Por trás delas pode existir um carro clonado ou com multas não pagas. Por isso não deixe de conferir se o número do chassi do carro corresponde com o número que está no documento do veículo.

Não existem regras para a venda de carros usados particulares, já que há vários modos de negociar um carro, seja fazendo um parcelamento, assinando duplicatas ou realizando uma troca por outro veículo. A venda destes carros depende muito de quem está vendendo, então cobrar ou não uma entrada acaba ficando a critério de cada um.

Não se iluda. O comprador de um carro usado precisa segurar sua empolgação antes de finalizar o negócio. Sempre desconfie de preços muito baixos e de negócios milagrosos.

Dicas para realizar um bom negócio:

  • Antes de fazer qualquer entrada, veja o veículo e cheque todos os documentos do mesmo;
  • Vá ao DETRAN e peça um nada consta do veículo e pergunte se existe alguma restrição, seja ela administrativa ou judicial incidindo sobre o carro;
  • Ao se sentar nos bancos tenha uma idéia do estado do veículo. Bancos soltos, tortos, rasgados ou quebrados não são bons sinais;
  • Verifique se os equipamentos de segurança obrigatórios, como o extintor de incêndio, macaco, chave de rodas, triângulo, além de cintos de segurança e do estepe estão em perfeitas condições de uso;
  • Jamais compre um carro usado em dia de chuva. As gotas d’água podem atrapalhar a visão de ondulações da lataria.

Em caso de desconfiança em relação à origem do automóvel ou com relação a sua documentação procure a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e peça que seja feita uma vistoria no veículo.

Boa compra!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Join the Discussion - Post your comment Leave a Reply